ARANHAS
Elas vivem em quase todos os lugares: sobre o solo, sob pedras, dentro de frestas, equipamentos, no meio da grama e em ramos de árvores.

Existem aproximadamente 35.000 espécies de aranhas no mundo, e nem todas as aranhas constroem teias, as que as fazem utilizam deste artifício para caçar insetos.

Nem todas as aranhas são venenosas, e muitas espécies de aranhas são inofensivas ao homem, porém, acidentes graves podem ocorrer com algumas espécies, tais como a aranha marrom (Loxosceles), a aranha de jardim ou tarântula (Lycosa), a viúva-negra (Latrodectus) e a aranha armadeira (Phoneutria).

O veneno é produzido para paralisar ou matar a presa. No abdômen das aranhas estão localizadas as fiandeiras, que são glândulas que segregam a seda de que se utilizam para tecer a teia. A maioria das espécies possui oito olhos simples, algumas podem ter menos.

Abaixo você encontra as principais medidas preventivas para o controle de aranhas:
A) Manter limpos os jardins, aparando e cortando a vegetação excedente;
B) Não plantar bananeiras próximas às residências;
C) Em local muito arborizado, fechar portas e janelas das residências ao entardecer;
D) Manter fechados armários e gavetas, que são excelente local de abrigo;
E) Examinar roupas e calçados antes de usá-los, principalmente quando tenham ficado expostos ou espalhados pelo chão.